MENU rápido para celular

Prótese Dentária Flexível de Silicone (preço)

DENTADURA de SILICONE parcial removível - ppr FLEX

As próteses flexíveis (foto abaixo - PPR FLEX de silicone) surgiram em resposta ao anseio da disponibilidade de uma prótese removível sem os grampos metálicos das esqueléticas. Também são próteses parciais removíveis.

foto de prótese flexível de siliconeprótese dentária flexivel de silicone

Com efeito a rigidez do acrílico normalmente usado nas próteses convencionais não permitia o seu uso em zonas de retenção, daí a necessidade de um material flexível no tom dos dentes ou gengiva.

Ao longo dos anos a técnica aprimorou-se e os materiais evoluiram, sendo hoje possível encontrar vários tipos de dentaduras flexíveis.

Silicone, nylon e vinil são os materiais mais comumente empregues neste tipo de próteses. Têm características distintas uns dos outros, embora mantenham em comum uma certa elasticidade o que os faz integrar o mesmo grupo.

Vantagens das próteses parciais flexíveis de silicone

A principal vantagem da prótese flexível está no grampo ou gancho de retenção no tom do dente ou da gengiva, conforme o local onde se situa. É um exagero dizer que é uma prótese com grampo invisível. Mas permite disfarçar que se está usando uma prótese dentária. Esse é o problema da esquelética, a estética comprometedora dos grampos metálicos. Embora não consensual, alguns utilizadores alegam que a prótese flexível também é mais confortável e menos alérgica que a prótese de acrílico.

Desvantagens da prótese dentária de silicone

Podemos começar por falar no preço que é bastante mais caro que a prótese de acrílico e um pouco menos que a esquelética com grampos (PPR).
É mais difícil de inserir e retirar da boca. Algumas pessoas sofrem constantemente de áftas, quanso usam uma prótese deste tipo e outras dizem que produzem mau odor. Quanto a isso, os fabricantes recomendam a lavagem com determinados e específicos produtos de limpeza e desinfeção.

Normalmente consideradas inquebráveis, por vezes também partem e nessa altura a pessoa descobre que não é tão fácil de reparar, sendo nalguns casos impossível.

Também não se pode fazer uma rebasagem, para melhorar a adaptação (sobre como ajustar uma prótese visite a ligação prótese solta), obrigando à produção de uma nova base para ajustar a prótese. Por tudo isso, é provável ter que fazer uma nova a cada cinco anos. Igualmente não se pode acrescentar dentes à prótese existente.
É contraindicado fazer uma prótese total em material flexível. Na prótese total procura-se aquilo que a flexível não tem, a rigidez.

Preço da prótese flexível

Quanto custa uma prótese dentária de silicone

O preço médio da dentadura de silicone é de R$ 1.414,00 dependendo da quantidade de dentes. Fica mais cara do que uma dentadura de acrílico, que custa em média R$ 680,00. Para mais preços veja a tabela de preços de prótese dentária. Custa quase tanto como uma prótese esquelética com grampos metálicos.

Conclusão, prótese FLEX, sim ou não?

O uso de prótese parcial flexível não é solução ideal em todos os casos em que faltam alguns dentes. Esse papel cabe à prótese fixa. No entanto, compete ao dentista analisar e falar com o técnico de prótese dentária antes de aconselhar o paciente.

As próteses flexíveis são próteses amovíveis ou removíveis. Ora, este tipo de prótese só se justifica se for usada como provisória, ou só pode ser aceite como 'definitiva' devido aos parcos recursos econômicos de quem a usa. É uma solução inferior se comparada com a ponte dentária aparafusada em implantes dentários, ou fixa (cimentada) em dentes ainda presentes na boca.

É um fato que muitas pessoas não gostam de próteses flexíveis. Justificam dizendo que são desconfortáveis e que machucam muito. Existem muitos materiais diferentes, uns piores outros melhores, e é impossível saber ao certo qual vai ser usado pelo laboratório de prótese.
A função aqui não é aprovar ou condenar o uso deste tipo de prótese mas alertar para os prós e contras. Tem que se reconhecer que a sua fama provém em parte do forte marketing em seu torno.

Se optar por este tipo de prótese certifique-se das condições de garantia (escritas) e se a mesma vem acompanhada de um certificado do fabricante. Verifique com o médico se a prótese tem conserto no caso de quebrar e se o arranjo está coberto pela garantia. É importante conferir os pontos referidos para uma boa compreensão entre todas as partes e não haver sombras de dúvidas.


28 de Novembro de 2018