Prótese Dentária preços

A Prótese dentária é urgente na perda de dentes

A perda de dentes pode ser provocada pela cárie, doenças das gengivas e por traumatismos (as doenças das gengivas são a principal causa). Quando faltam dentes, os que estão ao lado e os oponentes tendem a mover-se para o espaço livre provocando desequilíbrios nas arcadas dentárias.

Também acontece o desaparecimento do osso alvéolar (osso onde estão implantadas as raízes dos dentes). Por isso é muito importante usar prótese, de preferência fixa.

Qual é a melhor Prótese Dentária ?

Todas as próteses dentárias restauram a função mastigatória, a estética e fonética, são os chamados Dentes Postiços. Mas a Prótese Fixa é melhor que a Removível. (ver preços na tabela respetiva)

Uma prótese pode ser feita para substituir um dente, dois dentes, três dentes, por aí fora, até a totalidade dos dentes. Para cada situação existe um tipo recomendado, ou várias tipos possíveis, incluindo a mais moderna sobre implantes, conhecida por dentadura fixa.

Quanto custa cada tipo de prótese dentária ?

Os preços consultados no nosso site são aproximados, porque os dentistas não gostam de dar a conhecer à 'concorrência' os valores que praticam. Também o fato de existirem dentistas mais experientes, ou exercerem a sua profissão em cidades de maior renda tem influência.

Tenha em mente que dependem da quantidade de dentes e do tipo que pretende colocar. Veja a nossa Tabela de Preços de próteses dentárias no Brasil para o ano de 2019.

Dentadura preço

A busca por preço popular significa encontar valores mais baixos. As pessoas que querem próteses baratas devem estar preparadas para aceitarem materiais de inferior qualidade e um serviço diferente. Os preços dependem do tipo de dentadura, fixa, móvel e de encaixe.

O preço médio de uma dentadura fixa de cerâmica sobre quatro implantes pode ter um valor médio de R$15.562,00 implantes incluídos. Veja mais casos de fixa e removível nas tabelas de preços deste sítio.

Prótese dentária removível com encaixe preço

A dentadura semifixa de encaixe tem um preço menor inicial, em torno de R$2.462,00 sem contar com os implantes, que podem ser de dois a quatro. No entanto os mecanismos de retenção precisam de ser substituídos de dois em dois anos, elevando assim o valor num período alargado.

Próteses dentárias gratuitas ?

Não existem dentaduras gratuitas. Mas pode conseguir um preço menor em escolas de odontologia. Qualquer instituição de cariz social ou religioso pode contribuir para pagar uma prótese a uma pessoa com dificuldade. Deve perguntar nesses lugares se existe essa possibilidade. Não descarte outras organizações particulares.

Qual é o tipo de prótese dentária mais aconselhado ?

tipo de prótese: Prótese fixa Prótese removivel
Parcial:
(alguns dentes)
Coroa e Ponte.
(com ou sem implantes)
Esquelética Roach PPR, dentadura de acrílico e dentadura flexível.
Total:
(todos os dentes)
Ponte completa de porcelana ou dentadura híbrida de acrílico.
(com quatro a seis implantes)
Prótese completa de acrílico.

Existem dois tipos principais de prótese dentária, a Fixa, e a Removível. Por exemplo, a Dentadura Fixa é parafusada em implantes, ou cimentada em dentes naturais e não pode ser retirada no dia a dia. Com a prótese removível, o paciente tira e põe a dentadura, total ou parcial, sempre que quiser.

Ambos os tipos podem ser parciais ou totais. A Fixa Parcial, compreende coroas e pontes e pode utilizar dentes naturais para se segurar. A dentadura fixa total de porcelana, pode restaurar os dentes todos da boca e usa implantes dentários para a sua fixação. É um exemplo de prótese fixa total.

Mediante o que se acabou de referir, importa primeiro saber quantos dentes faltam. A partir daí começa-se a estabelecer uma solução, ou várias soluções. O fator econômico pode nalguns casos ser determinante na escolha.

Vamos ver a seguir quais as diferentes possibilidades para repor um ou mais dentes perdidos. Primeiro falemos do papel do implante, para melhor compreensão do que vem depois.

O papel do Implante dentário na prótese fixa

Os implantes dentários utilizam-se em casos de perda de um ou mais dentes, quando se pretende colocar uma prótese fixa. Funcionam como as raízes dos dentes naturais.

É no caso da pessoa totalmente desdentada, que os implantes mais contribuem para uma melhoria radical na qualidade de vida. A nova dentadura, retida no lugar pelos implantes, leva ao ponto do utente pensar que tem dentes verdadeiros. Recupera o conforto, a confiança e auto estima.

Quando o osso da arcada não tem expessura suficiente pode-se optar por mini-implantes, ou enxerto de osso.

Que próteses dentárias se usam com implante dentário ?

  • Coroa dentária
  • Ponte dentária de cerâmica
  • Dentadura Fixa tipo Prótese total híbrida (com dentes e base em acrílico e estrutura interna metálica)
  • Dentadura completa de porcelana ou ponte total com dentes em cerâmica
  • Dentadura de encaixe (dentadura semi fixa de resina acrílica)

Prótese dentária fixa - fotos

Coroa dentária

A prótese fixa sem implantes é constituída por coroas dentárias e pontes dentárias parciais. Com implantes inclui também a ponte total e a dentadura fixa.

A coroa dentária ou jaqueta é uma capa que se destina a reconstruir um dente parcialmente destruído.

Quando não existe dente a coroa pode ser fixa a um implante dentário através de um parafuso, ou cimentada. Apenas dois tipos de coroa se consideram com qualidade para serem usadas, a coroa de porcelana fundida no metal e a coroa de cerâmica total.

Coroa Richmond - coroa com pino na raiz

Quando só resta a raiz do dente, a coroa artificial pode ser feita com uma extensão que entra pelo canal pulpar do dente (canal do nervo), no interior da raiz. É o chamado Pivot dentário ou coroa Richmond. Recomenda-se que sejam partes separadas e não uma única peça.

Ponte dentária

A ponte dentária é sempre fixa e é um tipo de prótese destinado a substituir um ou mais dentes, apoiando-se em dentes vizinhos ao espaço desdentado. Os elementos que ficam suspensos são denominados pônticos.

Hoje existe uma nova opção, a coroa ou ponte dentária apoiadas em implantes dentários: nestes casos não é necessário recorrer aos dentes que sobram para a retenção e apoio da ponte. Tornou-se possível uma ponte fixa para recuperar todos os dentes, nesse caso estamos perante uma Dentadura fixa.

Do mesmo modo, para a colocação de um único dente, já não é preciso fazer uma ponte apoiada nos dentes adjacentes, ficando este dente postiço preso (parafusado) ao implante que lhe serve de suporte.

É preciso não confundir estes trabalhos com as coroas acrílicas provisórias (os chamados pivots) que por vezes são colocadas pelos dentistas com objectivo temporário, sem qualificação para serem consideradas como um tipo de restauração fixa permanente.

A prótese dentária fixa é a opção ideal nos casos em que faltam poucos dentes, não só pelo conforto como pela estética, embora seja mais cara que a prótese móvel (removível).

Ponte Adesiva Maryland - prótese fixa para dente na frente

É um caso de ponte dentária reservada a situações especiais com alguns contras, por isso menos usada. Exclusiva para dentes na frente, incisivo central ou lateral superior. Por vezes é denominada de prótese adesiva Maryland. Reservàmos uma página só para ela.

Dentadura fixa com implantes

No caso de perda total de dentes teremos que considerar três tipos de dentaduras sobre implantes:

Ponte total fixa ou dentadura fixa de porcelana

A ponte total fixa ou dentadura fixa de porcelana, é o tipo mais caro e resistente, feita totalmente em cerâmica ou metal e cerâmica e parafusada aos implantes. Um aspeto menos satisfatório é o fato da cerâmica lascar ou quebrar com alguma frequência. O conserto é difícil e nunca fica igual ao original.

Prótese híbrida - dentadura fixa de resina acrílica

A prótese total em metal e acrílico, parafusada no implante dentário, é uma dentadura fixa conhecida por prótese híbrida. Este caso só pode ser retirada da boca pelo dentista.
[Leia mais... --»]

Prótese dentária removível com encaixe

Embora a overdenture (ou sobredentadura) possa ser considerada uma prótese móvel, na verdade é de encaixe, é uma dentadura semifixa. Isto quer dizer que o portador pode-a retirar e colocar a seu bel prazer. Isso facilita a higiene e permite que a dentadura tenha a forma apropriada não só para para reproduzir a gengiva e osso perdidos, o que não acontece sempre com a híbrida fixa suportada por implantes.
[Leia mais... --»]

Prótese dentária fixa - valor

Tem um custo claramente acima ao da removível. Temos duas tabelas com preços, para consulta no menu do sítio Dentes.info. Uma com valores no Brasil e outra em Portugal, para servir os usuários de ambos os países.

Prótese removível

Próteses removíveis dividem-se em parciais e totais.

A parcial removível é normalmente em acrílico mas também pode ter a base em silicone, nylon ou ainda uma parte metálica chamada esqueleto.

Como o termo parcial indica, destina-se a substituir um ou mais dentes mas não os dentes todos. Esse é um outro tipo de removível, a total ou completa, como veremos mais abaixo.

Esquelética PPR ou Roach

A Esquelética é uma prótese parcial móvel que cobre uma porção menor da boca. Isso deve-se à robustez da sua parte metálica o que permite diminuir a sua extensão. Ideais para quando a pessoa não quer cobrir o céu da boca.

Usa grampos (ganchos) nos dentes para se manter no lugar. Daí pode resultar num problema estético se o grampo ou gancho ficar muito visível.

Por vezes fica folgada, mas esse problema é prontamente resolvido num dentista ou laboratório prótesico, através do aperto dos ganchos ou grampos. A liga metálica usada nas esqueléticas é uma liga não preciosa de crômio-cobalto ou crômio-níquel.

É mais cara que a vulgar placa de dentes e precisa sempre de dentes naturais onde agarrar e ganhar apoio, mas também é o melhor tipo de dentadura parcial removível.

Prótese dentária removível de acrílico ou Silicone

De entre todos os tipos é a mais barata e deveria ter apenas um carácter temporário. No entanto é muito usada por razões sócio econômicas.

É mantida na boca pelas retenções presentes nos dentes que ainda restam. Apoia-se únicamente nos tecidos moles e no que resta do osso alveolar.

A dentadura flexível de silicone tem grampo invisível?

A prótese de silicone é flexível e diz-se de grampo invisível. Em princípio mais confortável e fácil de colocar. Mais cara que a dentadura normal e quando quebra é difícil de consertar. Não é indicada para substituir muitos dentes, porque a flexibilidade provoca alguma mobilidade nos dentes postiços. Ninguém quer que os dentes se movam, enquanto ri, fala ou come.

Não é possível acrescentar dentes ou fazer um rebasamento nas próteses de silicone e nylon. Muitas pessoas reportam uma grande incidência de áftas no uso deste tipo de dentaduras.

Dentadura completa removível

Muitas vezes apelidada simplesmente de dentadura, placa dentária ou chapa de dentes, é normalmente em acrílico e destina-se à substituição de todos os dentes. É suportada apenas pelos tecidos moles e estrutura óssea subjacente.

Mantém-se na boca pela acção conjunta de pequenas retenções da anatomia bucal, do osso alvéolar ainda presente, da língua, dos músculos faciais, e do efeito de vácuo entre a superfície interna da dentadura e céu da boca.

A retenção da prótese total é muito problemática, especialmente em baixo, quando há uma grande reabsorção do osso alvéolar. Nessa situação o único recurso são aos implantes dentários. Não adiantam fixadores ou adesivos vendidos na farmácia.

Desvantagens da prótese dentária móvel (removível)

A única vantagem aparente, da prótese removível sobre a fixa é de ordem econômica. Se considerarmos a sua menor duração e a potencialidade de levar à perda de mais dentes num período curto de tempo, fácilmente compreenderemos que nem essa vantagem tem.

Deve ser considerada uma solução temporária. Além disso, como cobre parcialmente os dentes ainda existentes, pela sua parte lingual, potencia o surgimento de cáries.


1/6/2019